Plano de Negócio para Clínicas e Consultórios Médicos

Uma grande parcela dos médicos e profissionais da área da saúde sonham em possuir seu próprio negócio. Ser dono de uma clínica ou consultório médico e determinar o seu próprio ritmo de trabalho vem sendo cada vez mais colocado em primeiro plano por esses profissionais. Mas possuir uma clínica ou consultório médico exigem planejamento e muito trabalho. Toda a parte administrativa, jurídica, contábil, operacional, marketing, dentre outras etapas, deverão ser planejadas com antecedência para que isso realmente dê certo.

Neste post vamos falar sobre o planejamento de uma clínica ou consultório médico mostrando como elaborar um plano de negócio eficiente. Veja quais são as etapas para elaborar um plano que realmente irá funcionar para este segmento de negócios e veja em 6 etapas uma forma de planejar sua clínica ou consultório médico de forma profissional e que comprovadamente funcionou para outros empreendedores do ramo. Confira tudo isso a seguir e muito mais. Marketing Digital para Consultórios Médicos: 7 razões para você fazer

imagem de criação de plano de negócio

Etapa 1: defina seu negócio com clareza

Nesta primeira etapa do plano de negócios para uma clínica ou consultório médico você deve ter em mente e no papel uma definição exata do que é o seu negócio. Ou seja, é importante definir com clareza qual será a área de atuação de sua clínica ou consultório, pois esse é o começo de tudo. Em seguida, você deve fazer a primeira contratação de sua empresa, um contador. Neste caso, você pode pagar por uma consultoria e contratar um contador definitivamente mais tarde. Mas recomendamos que você contrate um contador de sua confiança desde já e dê início a outros pontos importantes deste planejamento.

Após ter contratado um contador de sua confiança, defina junto com ele qual será a forma de tributação de sua futura empresa. Existem diferentes formas de tributação para clínicas e consultórios médicos. O seu contador irá lhe ajudar a chegar na forma de tributação ideal baseada na definição do seu tipo de negócio, considerando a amplitude do negócio, mensurando a quantidade de atendimentos, funcionários contratados e todo o porte da clínica ou consultório.

A partir desta definição, você pode começar a planejar se essa empresa será em sociedade ou empresa individual. Saber de todos esses pontos e discuti-los com o contador é a base para que as outras etapas do seu plano de negócio funcione como o esperado. Portanto, é essencial que você tenha essas definições bem claras, estudadas e planejadas em primeiro lugar.

Etapa 2: estude seu mercado

Possuir uma forte análise do mercado em que vai operar é uma obrigação de qualquer empreendedor, pois essa análise irá lhe oferecer informações de suma importância de como anda tal mercado. No ramo médico o mercado gira em torna da saúde do paciente, um produto que sempre terá mercado. Porém, com novas técnicas, legislações e mudanças para a atuação de médicos que podem ter ocorrido recentemente, o profissional deve estar atualizado e não ser pego de surpresa de forma ruim. Como Aparecer no Google: 5 formas para o seu negócio ser encontrado no Buscador

O ideal é que uma pesquisa mesmo que simples seja feita nesta segunda etapa, buscando focar na região onde o consultório ou clínica irá se firmar. Por isso, busque responder o seguinte questionário:

  • Existem outras clínicas do mesmo segmento na região onde você pretende instarlar a sua?
  • Qual é a quantidade de médicos atuando em sua região?
  • Os médicos próximos de você já possuem uma reputação no mesmo segmento que o seu?
  • A necessidade médica em que você é especializado tem demanda suficiente na região onde irá se estabelecer?

É importante que essas perguntas tenham respostas satisfatórias para o seu negócio, pois se elas não forem positivas para você, então é um forte sinal de que você deve procurar uma outra localidade para o sua clínica ou consultório. Uma ótima maneira de especular uma região que seria boa para você implantar sua marca é por meio da ferramenta Google Maps, que localiza quais são as clínicas e consultórios médicos em sua especialidade próximas de uma área de interesse.

Pesquise por profissionais do mesmo segmento na internet de um modo geral e deixe que todos os algoritmos de busca lhe ofereça informações cruzadas sobre os profissionais que já oferecem o serviço que você também deseja oferecer. Marketing Médico Digital: veja dicas para atrair pacientes para seu consultório

Etapa 3: propaganda e marketing

Antes de qualquer coisa é importante você saber que  toda propaganda e plano de marketing que você lançar para a sua clínica ou consultório devem estar enquadrados dentro das normas do CFM (Conselho Federal de Medicina), ou CFO (Conselho Federal de Odontologia), caso sua clínica ou consultório seja de dentista. No caso do CFM, as regras são bem abrangentes e se aplicam a todas as especialidades médicas. Devido a isso, estude quais são essas normas e trace um plano de marketing condizente com essas importantíssimas regras.

O marketing médico é uma das principais estratégias de divulgação de um negócio no segmento médico. O melhor e mais eficiente veículo de comunicação para aplicar as estratégias de marketing médico existentes é a internet. Por meio da internet sua clínica ou consultório médico poderão ser encontrados caso sua estratégia de marketing digital seja elaborada de forma otimizada.

Portanto, nesta etapa do seu plano de negócio, você deve procurar uma empresa ou um profissional em marketing para traçar um plano de marketing eficiente a curto, médio e longo prazo. Com técnicas de ranqueamento do seu site, blog e páginas em redes sociais, sua estratégia de marketing deve fazer com que sua clínica ou consultório sejam visíveis na internet. Um dos pontos mais forte de uma boa estratégia de marketing digital já foi citada na etapa 2 deste mini tutorial, onde você deve pesquisar na internet para saber sobre clínicas e consultórios próximos de você. Se você possuir um bom SEO Local, seu nome também irá aparecer em pesquisas na internet realizadas por clientes em potencial.

Marketing escrito

Etapa 4: gestão operacional

Nesta etapa do seu plano de negócio para clínicas e consultórios você é o profissional que deverá elaborar toda a parte operacional do seu negócio. Todo um levantamento de equipamentos e materiais com foco na infraestrutura e no layout de sua clínica ou consultório médico deverão ser realizados por você. Caso você ache necessário, não hesite em contratar um profissional do mesmo ramo com experiência para uma consultoria visando todos os detalhes da parte operacional, tanto da parte operacional quanto de outras etapas já citadas aqui.

Etapa 5: gestão financeira

Os detalhes da gestão financeira deverão ser tratados junto a um administrador financeiro, um profissional formado para fazer isso. Essa etapa do plano de negócio irá estimar números e metas para serem alcançadas após o início das atividades, porém, devem ser claras e possíveis de serem alcançadas. Portanto, nada de estipular metas longe da realidade da região e do modelo de negócios que você assumir.

Etapa 6: contrate só os melhores

Nesta última e importante etapa deste mini tutorial de plano de negócio para clínicas e consultórios médicos, você deve lançar o perfil dos profissionais que você deseja contratar, tanto dos médicos quanto de todos os outros colaboradores. Mentalize e coloque no papel qual é o perfil dos profissionais que você deseja ter por perto, pois tendo isso bem definido você já sabe o que procurar quando começar a fazer as contratações.

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

icone google

Quer aprender a posicionar os seus serviços no Google?

Você vai aprender desde a criação do seu site, organização de páginas e postagens, técnicas de SEO para negócios locais, como o Google funciona e como posicionar o seu site nas melhores posições dos buscadores.